24/02/2024 +55 (83) 988111301

Bayeux

frente portal

SECRETÁRIO LEO MICENA OPERA DOIS ESQUEMAS DE R$ 20 MILHÕES EM BAYEUX, QUE DARIAM REPASSE DE R$ 3 MILHÕES E 600 MIL PARA A ORCRIM

Leo Micena e a prefeita Luciene Fofinho foram a Brasília articular a vinda de duas empresas, beneficiadas com contratos milionarios e comprometidas com repasses para a Organização dos Fofinhos

Por Jr Blitz 30/01/2024 às 08:32:59

Denúncias de fraude em licitações e maracutaias milionárias em contratos com empresas, em troca de repasse de elevados valores, continuam chegando às nossas redações, oriundas de membros destacados da Gestão Municipal de Bayeux.

Faltando apenas 11 meses para o fim do mandato da prefeita Luciene Gomes, integrantes do alto escalão, com queixas e insatisfações acumuladas contra o General do Paraguai, fornecem informações relevantes sobre essas operações prejudiciais aos cofres públicos do município.

De acordo com a mais recente denúncia, o secretário de Planejamento Leo Micena estaria operando dois contratos milionários, ambos com empresas trazidas de Brasília. Esses dois contratos foram firmados a partir da compra de ATAS DE REGISTRO DE PREÇOS.





A primeira empresa, com apenas 2 anos de fundação, é o CONSÓRCIO IP BSB, que assumiu a gestão da iluminação pública de Bayeux, já tendo faturado quase R$ 3 milhões em poucos meses.

A outra empresa é a SAGA SERVIÇOS TERCEIRIZADOS que está abocanhando um contrato de R$ 13.500.000,00.



Segundo as denúncias, o empresário Fábio teria articulado com Leo Micena a venda das duas ATAS de REGISTRO DE PREÇOS, por R$ 800 mil. A empresa IP BSB estaria repassando cerca de R$ 60 mil mensais para as mãos do esquema.

A outra empresa firmou o compromisso de um repasse total de R$ 3 milhões.

Os denunciantes deixam claro que por trás de todas as negociatas executadas por Leo Micena, está o marido da prefeita, ex-vereador Misael Martinho, popularmente conhecido como o General do Paraguai, a quem o secretário obedece de forma canina, e de quem receberia parte do arrecadado com essas vantagens indevidas e criminosas.

Fonte: Fala Santa Rita/BlitzParaiba

Comunicar erro
Comentários

Queremos Saber!

Quem você acha que é, o verdadeiro rato da prefeitura de Bayeux.