16/05/2022 +55 (83) 988111301

Bayeux

frente portal

Em Assembleia Geral, servidores de Bayeux decidem pela paralisação de atividades

Magistério cobra retificação do PL de reajuste do piso e cumprimento do reajuste do apoio e vigilância

Por SINTRAMB/Blitzparaiba 08/03/2022 às 10:41:01

O Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Bayeux realizou, na tarde da ultima sexta-feira (04), uma Assembleia Geral para avaliar o Projeto de Lei que trata do reajuste do Piso do magistério e indicativo de paralisação pelo reajuste das categorias com data-base em janeiro: magistério, apoio e vigilância.

Até o momento a Prefeita Luciene não dialogou com o sindicato e não apresentou proposta de implantação do reajuste das categorias do apoio e da vigilância.

A prefeita vem desprezando os trabalhadores com a falta de compromisso em cumprir os seus direitos, além de tratar com indiferença o servidor do apoio, fato comprovado ao ter trabalhadores recebendo abaixo do salário mínimo.

Após as discussões e avaliação da categoria foi aprovado por unanimidade um calendário de luta com visitas aos locais de trabalho e adesão as lutas nacionais.

????Agenda:

Dia 08/03 - mobilização dos profissionais da enfermagem em favor do piso nacional da categoria e realização de sessão cine e debate temático ao dia da mulher;

Dia 16/03 - Paralisação das atividades com ato em frente ao Restaurante Popular;

A assembleia contou com a participação de diretores da CUT-PB, que vem acompanhando a luta dos servidores de Bayeux. De acordo com Patrícia Macário, representante da CUT, todo PL que versa sobre reajuste salarial, deve ter em anexo a tabela salarial, pois esse é o objetivo do projeto.

A presidenta do SINTRAMB, Germana Vasconcelos, ressalta que, mais do que nunca, é fundamental a participação dos servidores nessa luta.

Comunicar erro
Comentários