16/05/2022 +55 (83) 988111301

Brasil

Camarade de vereadores de joao pessoa

Trio é preso após tentar aplicar 'golpe do bilhete premiado' em idosa

Por Jr Blitz 26/01/2022 às 22:26:57

Duas mulheres, de 27 e 38 anos, e um homem, de 31, foram presos no início da noite desta quarta-feira (26/1), depois de tentarem extorquir R$ 10 mil de uma idosa, de 72 anos, que chegou a ser sequestrada. Eles tentavam fugir de uma agência bancária, na Avenida Francisco Sá, no Bairro Prado, em Belo Horizonte, quando a Polícia Militar chegou.

 

Segundo o Boletim de Ocorrência (BO) da Polícia Militar, a idosa tinha acabado de sair de uma igreja, no Bairro Gutierrez, quando foi abordada pelas mulheres e pelo homem, que tentaram lhe aplicar o golpe do bilhete premiado. Disseram para a mulher que precisavam de ajuda para receber o dinheiro e que, para que conseguirem, a mulher teria de sacar R$ 10 mil de sua conta e entregá-los.

A mulher não caiu na história e passou a questionar os três, que passaram a agir com violência, obrigando a idosa a entrar num carro. Os três criminosos tomaram-lhe as jóias e disseram que queriam R$ 10 mil para libertá-la. Levaram-na, então, a uma agência bancária na Avenida Francisco Sá.


Na agência bancária, a idosa conseguiu despistar os três golpistas e procurou o gerente, a quem contou que estava sendo sequestrada e que teria de pagar R$ 10 mil. Passou a placa do veículo ao gerente. Este orientou a vítima a fingir que estava sendo atendida. Enquanto isso, ele acionou a Polícia Militar.


Uma viatura, comandada pelo tenente Caio, do 22º BPM, chegou ao local. Isso aconteceu no mesmo instante em que uma das golpistas entrou na agência para se certificar que a idosa estava sendo atendida. Ao perceber que não, ela tentou avisar aos comparsas, que ficaram no carro, para fugirem.


Ao identificarem o veículo pela placa, conseguiram prender os três golpistas. As mulheres são paranaenses e o homem, paulista.


O trio foi encaminhado para o Ceflan 3. Existe a suspeita de que os presos tenham aplicado outros golpes semelhantes na capital mineira. O tenente elogiou a idosa, dizendo: “ A calma e sua inteligência foram determinantes para que pudéssemos prender o trio golpista. Ela agiu com astúcia. Conseguiu acionar o gerente e tudo foi feito sem chamar a atenção dos golpistas.”



 

Fonte: Estadão

Comunicar erro
Comentários