Blitz Paraiba

leia mais:

Prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima é solto após 4 meses de prisão

STJ concedeu habeas corpus nesta terça-feira (28). O prefeito afastado terá de cumprir medidas cautelares e não vai retornar à prefeitura de Bayeux


O prefeito afastado de Bayeux terá que comparecer periodicamente em juízo, afastar-se do cargo de prefeito e não acessar as dependências da prefeitura (Foto: Reprodução)

O prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima, foi solto na noite desta terça-feira (28) após concessão de habeas corpus pela 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) na tarde desta terça-feira.

Berg Lima, usou as redes sociais para se pronunciar após deixar o 5º Batalhão da PM, onde estava preso.

“Obrigado pelas orações e pela força. Minha gratidão a todos que direta ou indiretamente torceram e torcem por mim e pela minha vida. Obrigado Bayeux. Seguimos fortes e confiantes. A fé que me move, moverá nossos dias, dias de grandes vitórias”, disse Berg ao deixar a prisão.

Berg Lima estava preso desde 5 de julho, quando foi flagrado em vídeo recebendo suposta propina de um fornecedor da Prefeitura de Bayeux.

Leia mais:

Após a soltura, Berg Lima ainda está obrigado a cumprir medidas cautelares. O prefeito afastado de Bayeux terá que comparecer periodicamente em juízo, afastar-se do cargo de prefeito e não acessar as dependências da prefeitura.

Além dessas medidas, o juiz Marcos William de Oliveira, que emitiu o alvará de soltura, determinou a proibição de Lima se ausentar da Comarca por prazo superior a 30 dias sem autorização judicial.

Os ministros da 6ª Turma entenderam que Berg Lima não integrava uma organização criminosa e que o recebimento de propina seria uma conduta individual.

Com isso, eles decidiram aplicar uma série de medidas cautelares ao gestor. Foram a favor da liberdade de Berg Lima os ministros Sebastião Reis Júnior, Rogério Schietti e Antônio Saldanha. Já a relatora do habeas corpus, Maria Thereza de Assis Moura, e Nesci Cordeiro votaram pela manutenção da prisão.

ClickPB/BlitzParaiba

0 Comentários

Deixe o seu comentário!