Blitz Paraiba

leia mais:

Defesa de Berg Lima questiona veracidade de novo vídeo

Advogado de Berg Lima ainda acusou o empresário João Paulino de ter mentido à Comissão Processante

70

A estratégia da defesa de Berg Lima quanto ao novo vídeo que foi divulgado nessa terça-feira (9), em que ele supostamente recebe propina em ocasião diferente da que resultou a sua prisão no ano passado, está clara. A ideia é questionar a veracidade do vídeo.

Leia também:

De acordo com o advogado do ex-prefeito de Bayeux, Raoni Vita, o vídeo tem vários pontos de edição e que o áudio nem sempre “casa” com o que é dito por Berg Lima, que foi mais uma vez filmado pelo empresário João Paulino.

“Nós ainda não tivemos acesso formal a todo conteúdo do vídeo. Pelo que a gente viu, a gente percebe a voz destoante da imagem. O Ministério Público disse que não se trata de um fato novo. A defesa está tranqüila em relação a isso, mas desconfia do teor das imagens. O próprio Paulino disse para a Comissão Processante que não havia mais nenhuma prova com ele”, explicou o advogado, que vai pedir uma perícia no material.

O novo vídeo em questão foi filmado pelo mesmo empresário que filmou o primeiro vídeo, divulgado no dia 5 de julho de 2016, quando Berg Lima foi preso em flagrante. Nele, o ex-prefeito aparece em um restaurante, na companhia de algumas pessoas que estão fazendo refeição.

Em determinado momento, o homem que gravou o vídeo segue com Berg para um escritório. Durante a ida, o interlocutor do prefeito afastado afirma: “Vamos refazer nossas contas

No local da conversa, chamado de “QG” pelo empresário, Berg Lima e João Paulino tratam sobre os valores que o então prefeito estava cobrando. No fim do vídeo, de maneira enfática, Berg Lima se dirige ao homem e diz: “Deixe eu dizer uma coisa para você: problema entre prefeitura e você, resolva comigo”.

Portal correio/BlitzParaiba

0 Comentários

Deixe o seu comentário!