Blitz Paraiba

leia mais:

Justiça nega pedido e Lula não poderá participar de debate

A juíza Bianca Georgia Cruz Arenhart considerou que o pedido deveria ter sido feito por Lula ou seus advogados e não pelo partido.

Lula foi oficializado pelo PT como candidato à Presidência, em convenção no sábado (4) (Foto: Reprodução)

O Tribunal Regional Federal da 4ª região (TRF4) negou o pedido do PT para que o ex-presidente Lula pudesse participar de debate da Band sobre as eleições 2018, na próxima quinta-feira (9). O nome dele foi oficializado pelo PT como candidato à Presidência, em convenção do partido, no sábado (4), em São Paulo.

A juíza Bianca Georgia Cruz Arenhart, que é substituta do relator da Lava Jato no TRF4, o desembargador João Pedro Gebran Neto, considerou que o pedido deveria ter sido feito por Lula ou seus advogados e não pelo partido.

Em julho, a juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução da pena de Lula, negou pedidos de veículos de comunicação para que Lula fosse entrevistado na prisão e pedido do PT para que ele pudesse estar em atos de pré-campanha e campanha, pelo menos por videoconferência. O partido justiticou que Lula precisaria estar em “pé de igualdade” com outros candidatos.

No debate da Band, a regra é que o PT não pode enviar representante para substituir Lula. A regra pode ser diferente em outras emissoras e a opção será o candidato a vice-presidente pelo PT, Fernando Haddad.

ClickPB/BlitzParaiba

0 Comentários

Deixe o seu comentário!