Blitz Paraiba

leia mais:

Belo vence a Raposa fora de casa e pode ser campeão com empate

Gols do Botafogo-PB foram marcados por Marcos Aurélio e Dico; Neilson descontou para o Campinense

35

A noite desta quarta-feira (16) foi marcada pelos primeiros 90 minutos de disputa da final do Campeonato Paraibano 2019 entre Campinense e Botafogo. O ‘Clássico Emoção’ de ida ocorreu no estádio Amigão, em Campina Grande, e terminou com vitória do Belo, por 2 a 1. Com a vantagem conquistada, o time pessoense jogará por um empate no jogo de volta para chegar ao tricampeonato consecutivo.

Primeiro tempo

Após alguns ataques desperdiçados por ambas as equipes, o time da Capital conseguiu abrir o placar logo aos sete minutos, com gol de Marcos Aurélio. O camisa 10 do Belo cobrou falta com tranquilidade, a bola quicou próximo ao gol, enganou o goleiro Wagner Coradin e acabou parando no fundo das redes.

Dois minutos depois, o Botafogo-PB teve uma grande chance de ampliar a diferença. Marcos Aurélio recebeu na área, descolou o goleiro da Raposa e acabou derrubado. O árbitro marcou pênalti para o alvinegro da estrela vermelha. Na cobrança, Nando chutou muito mal, por cima, mandando a bola para fora. Mesmo tendo desperdiçado a cobrança, o Belo não desanimou e seguiu sendo o time mais perigoso na partida. A Raposa, por sua vez, tinha dificuldade em sair do campo de defesa.

Ainda no primeiro tempo, o Campinense quase chegou ao empate em dois momentos. O primeiro aconteceu aos 33 minutos, em chegada de Chaveirinho pelo lado direito. O camisa 7 cruzou na medida para João Paulo, sozinho, que cabeceou para fora. Já aos 46 minutos, nos acréscimos, Lopeu recebeu na grande área e conseguiu dar um passe deitado para João Paulo. O camisa 10 acabou chutando para fora, perdendo uma ótima oportunidade para a Raposa.

Segundo tempo

O jogo ficou truncado nos primeiros minutos do segundo tempo. O Botafogo-PB tinha mais posse de bola, enquanto o Campinense tentava atacar para buscar o empate. Aos 10 minutos, mais uma chance desperdiçada pelo Belo: Marcos Vinícius chegou pela esquerda e cruzou rasteiro, na medida para Nando. O atacante se antecipou à defesa da Raposa, mas chutou ao lado do gol de Wagner Coradin.

Depois de falhar em grandes chances de modificar o placar, o Botafogo-PB chegou ao segundo gol aos 40 minutos, marcado por Dico. Em uma jogada rápida, Marcos Aurélio deu passe magistral para o camisa 11, que, com tranquilidade, deslocou Wagner Coradin e mandou a bola para as redes.

Quando o Belo já sentia o título estadual cada vez mais próximo, o Campinense diminuiu a diferença, aos 42 minutos. Em falta na entrada da área, o lateral Neilson cobrou com força, o goleiro Saulo aceitou e a bola entrou na meta botafoguense, dando números finais ao duelo.

Portal Correio/BlitzParaiba

0 Comentários

Deixe o seu comentário!