Blitz Paraiba

leia mais:

Orquestra Sinfônica da PB abre temporada 2018 com concerto em João Pessoa

Trompista Radegundis Tavares vai se apresentar como solista.

Orquestra Sinfônica da Paraíba faz concerto em João Pessoa com Radegundis Tavares (Foto: Thercles Silva/Secom-PB/Arquivo)Orquestra Sinfônica da Paraíba faz concerto em João Pessoa com Radegundis Tavares (Foto: Thercles Silva/Secom-PB/Arquivo)

Orquestra Sinfônica da Paraíba faz concerto em João Pessoa com Radegundis Tavares (Foto: Thercles Silva/Secom-PB/Arquivo)

A Orquestra Sinfônica da Paraíba abre a temporada 2018, nesta quinta-feira (12), com a presença do trompista Radegundis Tavares como solista. O concerto vai contar com a execução de obras de Sibelius, Gliére e Mozart, sob a regência do maestro Luiz Carlos Durier. A apresentação começa às 20h30, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, em João Pessoa. Os ingressos custam R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia).

Essa é a segunda vez que Radegundis Tavares vai tocar como solista com a Orquestra Sinfônica da Paraíba. “Cheguei a tocar em 2007, também com Durier regendo. Nessa oportunidade, foi o concerto de Strauss que eu toquei. É sempre uma experiência muito boa tocar com uma orquestra como a Orquestra Sinfônica da Paraíba, especialmente obras como a que a gente vai tocar na quinta-feira, que é um concerto do compositor russo Reinhold Gliére”, disse o músico.

A primeira obra executada será “Canção da Primavera, Op. 16”, do compositor finlandês Jean Sibelius (1865-1957). Em seguida, Radegundis Tavares sobe ao palco para acompanhar os músicos da Orquestra Sinfônica na execução do “Concerto para Trompa e Orquestra, Op. 91”, de autoria do russo Reinhold Gliére (1875-1956). O solista é filho do trombonista Radegundis Feitosa, músico paraibano que morreu em um acidente, no Sertão do estado, em 2010.

Após o intervalo, o público vai conferir a “Sinfonia n. 39 em Mi Bemol Maior, K.543, obra do compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart (1765-1791).

“Acredito que vai ser uma experiência bem interessante, não só para mim que vou estar tocando e para a orquestra, mas para o público. Eu acho que é a primeira vez que esse concerto [para Trompa e Orquestra, Op. 91] vai ser tocado aqui na Paraíba. E no Brasil, ele foi tocado poucas vezes com orquestra”, ressaltou.

Ainda este mês, nos dias 26 e 27, a Orquestra Sinfônica da Paraíba apresenta concertos nas cidades de Cajazeiras e Sousa. Em maio, são mais duas apresentações: dia 10, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, e dia 24, na Igreja de Santana, no Funcionários II. Já a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) fará concerto no dia 3 de maio, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira.

G1/BlitzParaiba

0 Comentários

Deixe o seu comentário!