Blitz Paraiba

leia mais:

Obras de escoramento de prédio que desabou às margens de ferrovia começam nesta quinta (11), em JP

CBTU suspendeu viagens no trecho, entre estações de Mandacaru e João Pessoa, por risco de desabamento completo

Prédio que desabou às margens da ferrovia, em João Pessoa
Prédio que desabou às margens da ferrovia, em João Pessoa Foto: Ewerton Correia/RTC

As obras de escoramento do prédio histórico localizado às margens da ferrovia entre as estações de João Pessoa e Mandacaru terão início nesta quinta-feira (11). Parte do imóvel, localizado na região do Porto do Capim, desabou há cerca de duas semanas. Com risco de desabamento por completo, o trecho em questão precisou ser interditado pela Defesa Civil.

Desde então, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) suspendeu as viagens de VLT entre as duas estações. As demais, entre João Pessoa e Santa Rita, e entre Mandacaru e Cabedelo, continuaram normalmente.

O começo das obras foi marcado durante uma reunião que aconteceu nesta quarta-feira (10), entre a Secretaria de Planejamento da capital (Seplan), a Defesa Civil, a CBTU e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).Equipes contratadas pela Prefeitura Municipal de João Pessoa vão trabalhar no local com a supervisão do Iphan, que ao fim vai avaliar se o trecho poderá ser liberado sem que a estrutura do prédio ofereça perigo. Representantes da empresa que vai executar a obra estiveram na área para verificar como as obras serão feitas.

De acordo com o gerente operacional da CBTU, Otho Magno, a expectativa é de que os serviços sejam finalizados até a próxima segunda-feira (15).

T5/Blitzparaiba

0 Comentários

Deixe o seu comentário!